Prefeitura de Catarina

Seja bem-vindo (a). Hoje é

Tauaense Viviane Sucuri vence sua luta no UFC 212 e segue invicta no MMA profissional

 Foto: DHAVID NORMANDO/AGÊNCIA ESTADO (VIA O POVO)
Mais uma vitória para a conta de Viviane Pereira, a Sucuri. Com uma atuação segura, a lutadora cearense venceu a americana Jamie Moyle, na 3ª luta do UFC 212, disputado na noite deste sábado, 3, na Arena da Barra, no Rio de Janeiro. O triunfo veio de forma tranquila, após três rounds onde a única representante feminina do Estado no Ultimate mostrou clara superioridade e foi declarada vencedora por decisão unânime (os juízes anotaram 30-27, 29-28 e 30-27 para a cearense), emplacando sua segunda vitória em duas lutas na organização. Na estreia, em dezembro passado, ela havia derrotado, também por pontos, a canadense Valérie Létourneau. O resultado também credencia Sucuri a ocupar
um lugar no TOP 15 na categoria peso-palha feminino.
De quebra, a cearense, de 23 anos, segue invicta no MMA profissional, agora com um impressionante cartel de 13 vitórias em 13 lutas, em menos de quatro anos de carreira. Natural de Tauá, Viviane Sucuri pratica arte marcial desde os 18 anos e representa a equipe Dragon Kombat, liderada por Marcos Batista. No início da luta, as duas lutadoras se estudaram bastante e não se arriscaram muito na trocação. Dominando o centro do octógono, Sucuri tomou mais iniciativa nos golpes no rosto de sua adversária, que conseguia absorver bem as investidas ao longo do round. No segundo assalto, a cearense seguiu melhor no combate e, no fim doround, conseguiu um knock down, pressionando a adversária até o fim. No último round, a luta seguiu morna, mas sob controle para a brasileira, que manteve a distância da adversária, não correu risco e administrou bem o tempo para confirmar sua vitória.
Confira o resultado de todas as lutas do UFC 212:
Card Principal
Max Holloway derrotou José Aldo por nocaute técnico no 3° round
Claudinha Gadelha finalizou Karolina Kowalkiewicz com um mata-leão no 1° round
Vitor Belfort derrotou Nate Marquardt por decisão unânime dos jurados
Paulo Borrachinha derrotou Oluwale Bamgbose por nocaute técnico no 2° round
Yancy Medeiros derrotou Erick Silva por nocaute técnico no 1° round

Card Preliminar
Raphael Assunção derrotou Marlon Moraes por decisão dividida dos jurados
Antônio Cara de Sapato finalizou Eric Spicely com um mata-leão no 2° round
Mathew Lopez derrotou Johnny Eduardo por nocaute técnico no 1° round
Brian Kelleher finalizou Iuri Marajó com uma guilhotina no 1° round
Viviane Sucuri derrotou Jamie Moyle por decisão unânime dos jurados
Luan Chagas finalizou Jim Wallhead com um mata-leão no 2° round
Deiveson Alcântara derrotou Marco Beltrán por nocaute técnico no 2° round