Prefeitura de Catarina

Seja bem-vindo (a). Hoje é

Polícia Civil identifica oito vítimas de acidente com ônibus na BR-135

Quinze feridos foram atendidos no Hospital de Bom Jesus (Foto: Neyara Pinheiro)
Foto: Neyara Pinheiro
Os corpos de duas das nove vítimas do acidente ocorrido no último sábado (16) com um ônibus de turismo, na BR-135, foram liberados para os familiares nesta segunda-feira (19). Até o momento, oito mortos foram identificados pela Polícia Civil e cinco tiveram seus corpos encaminhados ao IML de Teresina. Quatro ainda permanecem em Bom Jesus, 632 km ao sul de Teresina.

Os passageiros mortos identificados são:
Samuel Luís Gomes Filho, 17 anos
Frances A. Feitosa, idade não informada
Francisca Maria Conceição Feitosa, idade não informada
Antônio Rodrigues de Souza, 67 anos
Fabiana Maria de Lima, 33 anos
Francisco Gildênio Cardoso da Silva, 18 anos
Paulo Ricardo Rodrigues Lima, 30 anos
Antônia Vieira de Sousa, idade não informada
Os corpos de Paulo Ricardo e Antônio Rodrigues foram liberados aos familiares, que estiveram no Instituto Médico Legal (IML) de Teresina. O corpo de Paulo Ricardo seguirá para o Ceará e de Antônio para Minas Gerais.


No Instituto, permanecem ainda os corpos de outras três pessoas, que aguardam familiares. O agente de polícia civil Carlos George, de Bom Jesus, destacou que uma pessoa ainda precisa ser identificada e que um passageiro desaparecido pode estar morto ou não ter embarcado.

"Encontramos 29 bilhetes de embarque, mas localizamos apenas 28 passageiros. Uma pessoa estava na lista, mas pode não ter embarcado, precisamos conferir isso, porque o corpo pode não ter sido localizado. Além disso, o corpo de uma mulher ainda permanece sem identificação no necrotério do hospital regional de Bom Jesus", explicou o policial.Até o momento, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Civil confirmaram o embarque de 28 passageiros e dois motoristas. Entre os mortos há apenas passageiros. Ao todo, 18 pessoas ficaram feridas. Destas, 15 receberam atendimento no Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, em Bom Jesus, e três no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. Posteriormente, mais cinco foram para Floriano e apenas um foi transferido para um hospital particular de Teresina. O diretor do hospital de Bom Jesus, Helder Meneses, informou que não há risco de morte.
"Os mais graves sofreram fraturas e foram para Floriano. Há fraturas de fêmur, por exemplo, que precisavam de cirurgias mais complexas, mas não há risco de mortes. Os que permaneceram em Bom Jesus tinham apenas escoriações e já foram liberados", declarou.
O acidente
O capotamento com o ônibus de turismo com 28 passageiros e dois motoristas na BR-135 ocorreu por volta das 6h20 desse sábado (17), no Povoado Paus, zona rural de Monte Alegre do Piauí, a 786 km ao Sul de Teresina. Nove pessoas morreram, 18 ficaram feridas e três saíram ilesas.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os passageiros informaram que o ônibus saiu do Ceará, da cidade de Boa Viagem, e tinha como destino o estado de São Paulo. A equipe que esteve no local destacou que praticamente todos os passageiros foram arremessados para fora do veículo, em consequência do não uso do cinto de segurança.


Para a PRF, o acidente foi do tipo tombamento seguido de colisão com objeto fixo, envolvendo um ônibus pertencente à empresa Gênesis. Segundo os agentes, o condutor perdeu o controle depois que fez uma curva fechada em declive. Um desnível de 20 cm entre a pista de rolamento e o acostamento, segundo a equipe, pode ter contribuído para o acidente.