Prefeitura de Catarina

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Ansioso, Ceará abusa de perder gols, só empata com o Boa Esporte/MG no PV e segue sem vencer

Image-0-Artigo-2242674-1
Foto - JL Rosa 
O Ceará amargou mais um resultado decepcionante no Campeonato Brasileiro da Série B. Após ser derrotado na estreia para o CRB fora de casa, o Vovô tinha ontem a chance de se reabilitar em seu primeiro jogo em casa ao receber o Boa Esporte/MG no Presidente Vargas, mas só empatou sem gols e segue sem vencer na competição nacional.O time de Givanildo Oliveira conquistou seu primeiro ponto na competição, ocupa provisoriamente na 14ª colocação e só volta a jogar no dia 27 de maio contra o Náutico, na Arena Pernambuco, às 16h30. Pressionado após a derrota na estreia, o Ceará não começou bem
a partida. Ansioso e errando muitos passes, o Alvinegro permitiu que o limitado time do Boa Esporte/MG iniciasse a partida melhor, já assustando a torcida alvinegra, com o chute cruzado de Rodolfo logo aos 3 minutos que passou raspando a trave do goleiro Éverson.
A marcação adiantada do time mineiro complicava o toque de bola do Ceará, que tinha dificuldade de chegar na área com a bola no chão e finalizar.
Com isso, a primeira chance de gol do Vovô só saiu aos 34 minutos em bola parada, em cobrança de falta de Wallace Pernambucano que o goleiro Luan espalmou.
Mas antes do fim do 1ºtempo, o Boa teria também uma chance na bola parada e quase marcou com Felipe Matheus, exigindo difícil defesa de Éverson em bela cobrança de falta.
Se na 1ª etapa o jogo tinha sido truncado, com poucas chances, no segundo tempo o panorama mudou e as chances surgiram, com o Ceará criando mais, mas abusando de perder gols.
Em vão
Logo com um minuto, Raul fez excelente jogada e chutou colocado, raspando a trave.
Já melhor no jogo, o Vovô continuava criando e Roberto, a melhor figura ofensiva da equipe na partida, teve três chances de marcar o gol: aos 10, 11 e 17 minutos, mas o goleiro Jean evitou as três finalizações, duas em ótimos chutes.
Com o Alvinegro lançado ao ataque e com jogadores abaixo em performance, como Felipe Tontini e Wallace Pernambucano esgotados fisicamente, os espaços para o Boa também apareciam, mas para a sorte da equipe cearense, vários contra-ataques foram desperdiçados com passes errados ou Éverson surgindo para salvar a equipe, como em duas defesas seguidas em chutes de Wesley.
O Vovô buscou o gol da vitória até os 50 minutos, mas sem organização, amargou o empate e saiu vaiado pela torcida